Você está aqui
Início > Cinema e Música > Drácula foi inspirado em uma pessoa real

Drácula foi inspirado em uma pessoa real

Quase todas as pessoas já devem ter assistido algum filme sobre o famoso conde Drácula, ou, pelo menos, ter ouvido falar sobre ele. Essa lenda do Drácula surgiu em 1897, quando Bram Stoker publicou seu romance gótico “Drácula”, na época foi um sucesso e continua sendo um sucesso muito explorado pelo cinema até os dias atuais. O último filme foi “Drácula: A História Nunca Contada”.

Porém o que poderia parecer apenas um romance ao que tudo indica, foi inspirado em um pessoa real. O Conde Drácula foi inspirado em relatos históricos do príncipe romeno do século XV Vlad Tepes ou Vlad o empalador. Nascido na Transilvânia como o segundo filho do nobre Vlad II Dracul, ele tomou o nome de Drácula, que significa “filho de Dracul”, quando ele foi iniciado em uma ordem secreta de cavaleiros cristãos conhecida como a Ordem do Dragão. (Em romeno, Dracul significa “dragão.”)

Retrato de Vlad o Empalador.
Retrato de Vlad o Empalador.

Como o governante da Valáquia (agora parte da Romênia), Vlad Tepes tornou-se notório por suas táticas brutais que ele empregava contra seus inimigos, incluindo tortura, mutilação e assassinato em massa. Embora ele não se esquivasse do desentendimento, da decapitação, fervura ou esfolando de suas vítimas vivas, seu método preferido era empalamento, ou dirigindo uma estaca de madeira através de seus corpos e deixando-os a morrer de exposição.

Vlad o Empalador gostava de empalar suas vitimas até a morte.
Vlad o Empalador: seu método preferido era empalamento, ou dirigindo uma estaca de madeira através de seus corpos e deixando-os a morrer de exposição.

Durante sua campanha contra os invasores otomanos em 1462, Vlad teria tido até 20 mil vítimas empaladas nas margens do rio Danúbio. Capturado pelas forças húngaras e preso, ele foi finalmente capaz de recuperar seu assento em 1476, apenas para ser morto em batalha no mesmo ano. Alguns relatos particularmente horripilantes diziam que Vlad gostava de jantar entre os corpos empalados de suas vítimas e até mergulhava seu pão em seu sangue. Estes detalhes sangrentos, assim como seu nome legalmente adotado (Drácula) e seu lugar de nascimento de Transilvânia, convenceram muitos estudiosos de que Vlad o Empalador foi que inspirou parcialmente Bram Stolet a criar o famoso personagem do vampiro.

Outras Curiosidades

O que você achou dessa curiosidade?

Top