Você está aqui
Início > Diversos > Ciência > O mistério da chuva vermelha

O mistério da chuva vermelha

Os residentes do Distrito de Sri Lanka testemunharam um fenômeno incomum em 14 e 15 de novembro de 2012. Uma chuva rara de cor vermelha caiu por mais de 15 minutos nas regiões de Sewanagala, Monaragala, Manampitiya e Polonnaruwa.

O relatório inicial de um alto funcionário do Departamento de Meteorologia disse que a chuva vermelha não era um fenômeno natural e a razão poderia ser alguns produtos químicos que tinham sido liberados das fábricas, misturando-se com as nuvens. Os ventos do sul poderiam transportar grãos de pólen ou esporos para o Sri Lanka do sul da Índia, mas o vento estava fluindo em uma direção diferente.

O mistério da chuva vermelha
O mistério da chuva vermelha

Algumas das razões habituais para chuva vermelha são o aumento da acidez do ar e areia material de tempestades de poeira. No entanto, não há tempestades de areia no Sri Lanka. A Índia teve chuva vermelha em Kerala em 2001 e, mais recentemente em junho de 2012, e os cientistas indianos descobriram uma variedade de micro-organismos como uma razão para as chuvas vermelhas. Uma vez que os micro-organismos não tinham DNA, eles adivinharam que tinha que ser um fenômeno estranho.

O mistério da chuva vermelha
O mistério da chuva vermelha

O Diretor do Instituto de Pesquisas Médicas (MRI), Dr. Anil Samaranayake, foi destacado pelo Secretário do Ministério da Saúde para realizar um estudo para averiguar as razões da chuva vermelha ao tomar amostras de água de Monaragala e Polonnaruwa. O Ministério da Saúde informou que a chuva vermelha experimentada em certas áreas é devida à presença de bactérias das espécies de algas trachelomonas. Foi realizado testes laboratoriais que indicaram que a mudança na cor da água da chuva foi causada devido à presença de bactérias da espécie das algas trachelomonas.

Experimentos realizados no Instituto de Nanotecnologia do Sri Lanka (SLIN) provaram conclusivamente que a causa da cor incomum da chuva foi a presença de um micro-organismo unicelular pertencente ao Reino Protista, do Filo Euglenozoa, conhecido como Trachelomonas.

Trachelomonas foi a principal causa de chuvas avermelhadas em outras regiões do mundo também.

Um invólucro exterior parecido com uma concha, conhecido como Lorica, é possuído por este organismo, que pode ter uma cor que varia de amarelo a castanho avermelhado, dependendo da concentração dos sais de ferro encontrados dentro dele. O Instituto de Pesquisa Médica (MRI) disse que não havia risco para a saúde das pessoas.

Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top