Você está aqui
Início > Diversos > Ciência > Uma pessoa “boa” pode se tornar má?

Uma pessoa “boa” pode se tornar má?

Se você acredita que a maioria das pessoas são boas, talvez você esteja “completamente errado”, se você acredita que nem todo mundo tem vocação para o mal, este artigo talvez te prove o contrário.

Os cientistas gostam de saber quais são os nossos limites e para saber se todas as pessoas têm disposição para o mal, foi feita uma pesquisa muito estranha em 1971 que talvez você não conheça.

Experimento de aprisionamento de Stanford

Foi feito um estudo que ficou conhecido como “Experimento de aprisionamento de Stanford”, onde pesquisadores liderados pelo psicólogo Philip Zimbardo criaram uma prisão fictícia no porão do edifício de psicologia da Universidade de Stanford, foram selecionados apenas 24 alunos para participar do experimento, onde alguns foram colocados na posição de “guardas” do presídio e outros como “prisioneiros”.

Uma pessoa “boa” pode se tornar má? Experimento de aprisionamento de Stanford
Uma pessoa “boa” pode se tornar má? Experimento de aprisionamento de Stanford

Os estudantes que foram selecionados para serem os prisioneiros foram “pegos” em suas casas e saíram algemados, sendo vistos inclusive pelos vizinhos, isso tudo era para passar mais realidade ao estudo.

Os estudantes que ficaram como guardas tinham turnos de 8 horas cada, 24 horas por dia e os presos não podiam sair até o fim do experimento.

Após o primeiro dia nada demais aconteceu, o que deixou o professor Philip Zimbardo um pouco decepcionado com o experimento, porém após o segundo dia as coisas começaram a mudar, os “guardas” começaram a ficar agressivos apesar de ser proibido agressões físicas durante o experimento, o “guardas” começaram a torturar os “prisioneiros” com extintor de incêndio e obrigá-los a ficarem pelados apenas com um saco na cabeça, o professor que estava como “supervisor” da prisão não fez nada e disse que fazia parte do experimento o “supervisor” da prisão fazer de conta que não estava vendo nada, porém o experimento que era para ter durado 2 semanas, acabou em apenas 6 dias, pois as coisas fugiram do controle do professor, onde até um dos “presos” fizeram greve de fome.

Uma pessoa “boa” pode se tornar má? Experimento de aprisionamento de Stanford
Uma pessoa “boa” pode se tornar má? Experimento de aprisionamento de Stanford

O experimento acabou quando então a namorada de Zimbardo (hoje esposa) foi ao local e viu a calamidade que estavam os prisioneiros e que ninguém estava vendo nada de errado, após o testemunho dela, o professor resolveu acabar com o experimento.

Esse experimento prova que qualquer pessoa, por mais “boa” que seja pode fazer coisas horríveis que até mesmo ela não aceitaria. Após o acontecido o congresso dos EUA proibiu novos experimentos com pessoas em situações semelhantes.

Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top