Você está aqui
Início > Diversos > Como foi a separação das Coreias?

Como foi a separação das Coreias?

Atualmente é muito comum ver nos jornais, notícias sobre as ameaças de ataque que a Coreia do Norte faz tanto a vizinha Coreia do Sul, como aos Estados Unidos. Mas como começou essa separação das duas Coreias?

Até o ano de 1910 o território da Coreia pertencia a China, porém depois de uma guerra a China perdeu o controle do território para o Japão que controlava com muita autoridade o território Coreano, inclusive proibia o ensino da língua local e também que as pessoas se registrassem com nomes locais, tendo que adotar nomes Japoneses. A principal manifestação dos coreanos aconteceu em 1 de março de 1919, quando foram brutalmente reprimidos e tendo mais de 20 mil pessoas mortas e mais de 50 mil pessoas presas.

Guerra das Coreias
Guerra das Coreias: Conflito que deixou mais de 2,5 milhões de mortos e feridos.

O território da coreia continuou sobre o domínio do Japão até a segunda guerra mundial, quando o Japão perdeu a guerra e a coreia foi considerada um território independente do Japão, porém com a fim da segunda guerra mundial tendo sido vencida por União Soviética e Estados Unidos o território foi dividido, assim como ouve na Alemanha. O norte ficou sobre o controle socialista da União Soviética e o Sul sobre a administração capitalista dos Estados Unidos.

Em 1950 a Coreia do Norte invadiu o Sul, com a ajuda da União Soviética dando início a guerra das Coreias, o norte recebeu o apoio da China também, já o sul obteve o apoio na guerra pela ONU, Estados Unidos, Reino Unido, entre outros. Durante a guerra houve mais de 2,5 milhões de pessoas mortas ou feridas e a guerra durou até 1953, quando a União Soviética e os Estados Unidos entraram em um acordo para a divisão das Coreias no paralelo 38 (linha imaginaria que divide as Coreias). Porém nenhum tratado de paz foi assinado e tecnicamente os dois países seguem em guerra, onde a Coreia do Norte ameaça de um lado e a Coreia do Sul se arma do outro.

Desfile do república democrática popular da Coreia
Desfile do república democrática popular da Coreia

A Coreia do Norte segue sendo o país mais fechado do mundo, tendo como principais parceiros comercias a China e a Rússia. O país começou a desenvolver armamentos nucleares para segundo eles se defenderem da ameaça dos Estados Unidos. O ditador Kim Jong-un assumiu em 2011 a sucessão de comando do país após a morte de seu pai Kim Jong-il. O país é hoje um dos mais pobres do mundo tendo uma renda per capita de menos de $ 600 dólares, em contrapartida a Coreia do Sul capitalista é uma das maiores potências do mundo e possui uma renda per capita de quase $ 30 mil dólares e umas das mais desenvolvidas economias do mundo, com grande relevância na indústria tecnológica.

Kim Jong-un
Kim Jong-un sorridente junto a pessoas do Exército da república democrática popular da Coreia RPDC

Os países ao que tudo indica estão muito longe de um tratado de paz. Porém uma unificação dos dois países seria muito bom para ambos os lados, já que o norte pobre se beneficiaria de uma administração do Sul que é abastada e o Sul se beneficiaria da paz na região, fazendo com que a economia cresce-se pelo simples fato de não possuir mais a tensão de uma guerra entre as duas Coreias.

Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top