Você está aqui
Início > Mundo Animal > 12 Curiosidades sobre a Lagosta

12 Curiosidades sobre a Lagosta

A Lagosta é o nome dado a uma grande variedade de espécies de crustáceos marinhos. Algumas pessoas amam lagosta, outras odeiam, mas é um prato muito suculento e caro em algumas partes do mundo. Conheça agora as 12 Curiosidades sobre a Lagosta que você não sabia.

12 Curiosidades sobre a Lagosta
12 Curiosidades sobre a Lagosta

12 Curiosidades sobre a Lagosta que você não sabia

1. O cérebro de uma lagosta está localizado na garganta, o sistema nervoso no abdômen, os dentes no estômago e os rins na cabeça. A lagosta também ouve usando suas pernas, saboreia com os pés.

2. As lagostas são funcionalmente imortais. Eles não mostram sinais mensuráveis ​​de envelhecimento (sem perda de apetite, sem alterações no metabolismo, sem perda de desejo reprodutivo ou habilidade, sem declínio na força ou saúde), e parecem apenas morrer por causas externas.

3. 1 em 5.000 lagostas do Atlântico Norte nasce com uma cor azul brilhante.

4. A França e o Brasil estiveram em guerra contra as lagostas, argumentando se as lagostas nadam ou se arrastam.

5. A Austrália possui lagostas de água doce gigantes que foram relatadas que crescem mais de 5 quilos.

6. A maior lagosta já documentada foi em 1977, possuía 20 quilos e quase 120 centímetros de comprimento, e estimava ser tão antiga, que poderia ter 100 anos.

7. “Lagostas do Maine” são uma espécie de lagosta e não significa que elas vieram especificamente da costa do Maine.

8. As lagostas femininas podem armazenar pacotes de esperma masculinos por até 15 meses antes de liberar ovos.

9. Os EUA e o Canadá estão lutando por uma pequena ilha que está a meio caminho entre Maine e Nova Scotia há centenas de anos. A ilha está habitada e tem maravilhosos campos de lagosta em torno dela, onde a gaiola de lagosta foi suspensa por ambos os lados.

10. As lagostas congeladas podem voltar a viver quando descongeladas.

11. As lagostas não gritam quando colocadas em água fervente. É o ar preso na casca que está sendo liberada. Porem é ilegal ferver uma lagosta viva em Reggio Emilia, Itália, devido às leis de bem-estar animal. Os infratores enfrentam multas de até € 495.

12. As lagostas são cozidas vivas porque têm bactérias nocivas presentes naturalmente na sua carne. Uma vez que a lagosta está morta, estas bactérias podem rapidamente se multiplicar e liberar toxinas que podem não ser destruídas pelo cozimento.

Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top