Você está aqui
Início > Negócios > Henry Ford: o homem que mudou a indústria

Henry Ford: o homem que mudou a indústria

Henry Ford mudou a vida de muitas pessoas com a sua visão empreendedora, ele queria que as pessoas tivessem um carro pratico e acessível. As linhas de montagem em massa que ele criou, mudou a maneira como a indústria produzia as coisas na primeira metade do século 20, algo que mudou o mundo até hoje, fazendo com que os preços dos produtos industrializados que até aquela época não era algo acessível a todos, começasse a ser mais acessível a um número maior de pessoas. Antes dele começar a sua empresa, a maioria das famílias de classe média norte-americanos não tinham condições de ter automóveis que era um artigo apenas dos ricos. No entanto, a Ford revolucionou a indústria automobilística, através do desenvolvimento e fabricação de automóveis a preços acessíveis que até mesmo a comunidade de classe média poderia comprar de forma conveniente.

Retrato de Henry Ford
Retrato de Henry Ford

Henry Ford nasceu em 30 de julho de 1863, em Springwells no Michigan (mais tarde o território seria incorporado a cidade de Dearborn), Estados Unidos. Henry foi o primogênito de William e Maria Ford que tiveram cinco filhos. Cresceu em uma fazenda da família, onde ele mostrou um interesse precoce em coisas mecânicas. Neste interesse se tornaria um verdadeiro gênio e ganharia o prêmio de “um dos maiores industriais do mundo”.

Ele estava em sua adolescência, quando seu pai lhe deu um relógio de bolso que ele adorava desmontar e remontar sozinho, coisa que a maioria das crianças gostavam, porém a maioria desmontava e depois não conseguia montar. Ele também praticada nos relógios de amigos e vizinhos, e logo ganhou a reputação de um relojoeiro. Desde jovem ele demonstrava capacidade de liderança e qualidades mecânicas. Com a idade de 12 anos, ele passava a maior parte de seu tempo livre em uma pequena oficina mecânica, que ele próprio havia equipado. Foi aqui que ele construiu seu primeiro motor a vapor, em 1878, com apenas 15 anos. Porém após a morte de sua mãe em 1876, Ford ficou arasado e já não sentia mais prazer em viver na fazenda e em 1879, Henry saiu de casa, com destino à cidade vizinha de Detroit, para trabalhar como aprendiz de mecânico com James F. Flor & Bros. Mais tarde, ele passou a trabalhar para o Detroit Dry Dock Co. antes de retornar para casa.

Seu aprendizado durou três anos, depois ele voltou para casa em Dearborn em 1882. Durante os próximos anos, ele começou a trabalhar na fazenda da família e tornou-se um especialista em trabalhar com o motor de vapor portátil Westinghouse. Sua técnica ganhou reconhecimento e mais tarde ele foi contratado pela Westinghouse para atender seus motores a vapor.

Em 1888, viu uma grande mudança em sua vida, quando ele se casou com Clara Bryant e começou a construir sua própria família.

Em 1891, ele se tornou engenheiro na Edison Illuminating Company, em Detroit. A promoção para o engenheiro-chefe, dois anos depois, deu-lhe bastante tempo e dinheiro para dedicar mais atenção às suas experiências pessoais em motores de combustão interna.

O ponto culminante das suas experiências foi a construção de um veículo com propulsão própria – o Quadriciclo — em 1896. O primeiro motor Ford fez saltar seu caminho na história, em sua mesa de cozinha de madeira na avenida Bagley e este foi rapidamente seguido por seu próximo projeto, um motor montado em uma estrutura, equipado com quatro rodas de bicicleta – o primeiro carro Ford.

Quadriciclo: Foi o primeiro veiculo que Henry Ford Constroiu
Quadriciclo: Foi o primeiro veiculo que Henry Ford Constroiu

Após deixar Edison em 1898, Henry fundou a Detroit Automobile Company. No entanto, os automóveis produzidos pela empresa não tiveram um bom desempenho no mercado e muito em breve ele foi forçado a fechar o negócio. Mas ele nunca desistiu, ele começou a trabalhar na melhoria da qualidade de seus automóveis e com sucesso fez um automóvel de 26 cavalos de potência, em outubro de 1901. ele projetou e construi um carro de corrida chamado de ‘999’ que tinha 26 cavalos de potência e venceu o Campeão Americano, Alexander Winton, em 10 de outubro de 1901.

999: Carro de corrida que Henry Ford Constroiu
999: Carro de corrida que Henry Ford Constroiu e que ajudou a expandir a empresa.

Em 1903, Henry fundou a Ford Motor Company. Os investidores originais incluíndo Henry Ford, Alexander Y. Malcomson, os irmãos Dodge, e John S. cinza, entre outros. A está altura, o piloto de corrida Barney Oldfield dirigiu o “999” em todo o país, tornando a marca Ford conhecida em todo os Estados Unidos.

A empresa lançou o Modelo T, em outubro de 1908. O veículo tinha um volante à esquerda – uma ideia que outras empresas de automóveis rapidamente copiaram. O modelo provou ser altamente bem-sucedido, uma vez que não só era acessível, mas também muito simples de conduzir, fácil e barato para reparar.

Modelo T: Primeiro carro comercializado pelo Ford Motor Company
Modelo T: Primeiro carro comercializado pelo Ford Motor Company

O Modelo T foi tão bem-sucedida que a Ford teve de expandir sua produção a fim de atender a crescente demanda. Para isso, Ford, acompanhado do pessoal da empresa desenvolveu uma linha de montagem móvel para automóveis em 1913. A empresa desenvolveu técnicas de produção em massa que lhes permitiu aumentar significativamente a sua produção.

O Modelo T que dominou o mercado de automóveis durante vários anos e que em 1918, metade de todos os carros dos Estados Unidos eram Modelo T. Em 1918, Ford também passou a presidência da Ford Motor Company para seu filho, Edsel Ford, embora ele manteve o poder de decisão final.

Em meados da década de 1920, as vendas do Modelo T começaram a cair. Assim, a empresa introduziu o Ford Modelo A, em 1927, que vendeu com lucro até 1931. Mas a empresa continuou a diminuir em 1930 e em 1936, a Ford Motor Company tinha caído para o terceiro lugar no mercado dos EUA, atrás da General Motors e da Chrysler Corporation.

Modelo A: Segundo carro comercializado pelo Ford Motor Company
Modelo A: Segundo carro comercializado pelo Ford Motor Company

Henry Ford era um pacifista e quando a Segunda Guerra Mundial estourou em 1939, ele se opôs a entrada dos Estados Unidos na guerra. No entanto, quando os Estados Unidos entraram na guerra, a Ford Motor Company tornou-se um dos principais empreiteiros militares dos EUA, fornecendo aviões, motores, jipes e tanques.

Bombardeiro que a Ford Motor Company ajudou a construir durante a Segunda Guerra Mundial.
Bombardeiro que a Ford Motor Company ajudou a construir durante a Segunda Guerra Mundial.

Uma tragédia se abateu sobre o Henry Ford em 1943, quando seu filho Edsel morreu de câncer. Mesmo quando Henry Ford retomou formalmente o controle da empresa após a morte de seu filho, ele já não exercia autoridade absoluta. As principais decisões foram tomadas por outras pessoas em seu nome e que ele estava cada vez mais marginalizado. Eventualmente, seu neto, Henry Ford II, assumiu a presidência, após a esposa de Edsel ameaçar vender sua parte na empresa, assim, Henry Ford passou obrigadamente o controle da Ford Motor Company a seu neto Henry Ford II.

Henry Ford junto com o filho Edsel Ford.
Henry Ford junto com o filho Edsel Ford.

Henry Ford morreu de hemorragia cerebral em 7 de Abril de 1947, com a idade de 83 anos, perto de sua propriedade em Dearborn.

Henry Ford foi o fundador da Ford Motor Company e revolucionou a indústria automobilística no mundo. Sob a liderança de Ford, a empresa introduziu métodos para a fabricação em larga escala de carros e de gestão em larga escala de uma força de trabalho industrial utilizando técnicas especializadas. Hoje, é a segunda maior fabricante de automóveis com sede nos EUA e se você possui um automóvel em casa deve agradecer também aos esforços de Henry Ford em transformar os carros em um artigo mais acessível a todos. Claro que a culpa do transito é dele também, mas todo desenvolvimento tem consequências.

Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top