Você está aqui
Início > Saúde > Cientistas explicam a causa da dor de cabeça ao tomar sorvete

Cientistas explicam a causa da dor de cabeça ao tomar sorvete

Sentir a cabeça “gelar” enquanto toma um sorvete é uma experiência bastante desagradável – e comum. No entanto, cientistas ainda têm dificuldade de explicar o fenômeno. O que já é consenso é que pessoas que sofrem de enxaqueca são mais propensas a ter essa sensação do que as demais.

Agora, uma nova pesquisa mostrou que essa sensação, assim como outros tipos de dor de cabeça, pode ter relação com o fluxo sanguíneo do cérebro.

Um novo estudo do Departamento de Veteranos do Sistema de Assistência a Saúde de Nova Jersey, em conjunto com a Universidade Nacional da Irlanda e da Universidade Harvard, afirma que a sensação de “congelamento do cérebro” é um tipo de gatilho para outros tipos de dores de cabeça.

Ao causarem essa sensação em voluntários dentro de um laboratório – todos tomaram água muito gelada com um canudo – ao estudar o fluxo sanguíneo de seus cérebros, os pesquisadores mostram que a dor de cabeça súbita parece ser desencadeada por um aumento abrupto do fluxo sanguíneo na artéria cerebral, desaparecendo quando essa artéria se contrai.

Jorge Serrador, autor do estudo e professor em Harvard, e outros cientistas recrutaram 13 adultos saudáveis para fazer as análises. Os resultados mostraram que uma artéria particular, chamada artéria cerebral anterior, se dilatou rapidamente e inundou o cérebro com sangue quando os voluntários sentiram a dor. Logo após esta dilatação, a dor dos voluntários diminuiu.

Serrador e seus colegas especulam que a dilatação pode ser um tipo de autodefesa do cérebro. “Mas por ser o crânio uma estrutura fechada, o súbito afluxo de sangue pode aumentar a pressão e provocar dor. E nestes casos, a vasoconstrição pode ser uma maneira de exercer pressão para baixo do cérebro antes que ela atinja níveis perigosos”, afirma.

Confirmadas as suspeitas, a pesquisa pode ser um passo para encontrar maneiras de controlar o fluxo de sangue e, com isso, oferecer novos tratamentos para estas condições. “Drogas que bloqueiam a vasodilatação súbita ou canais alvo envolvidos especificamente na vasodilatação poderia ser uma forma de mudar o rumo das dores de cabeça”, reitera.

Outras Curiosidades

O que você achou dessa curiosidade?

Top