Você está aqui
Início > Universo > Existe um super furacão no planeta Saturno

Existe um super furacão no planeta Saturno

Se você acha que os furacões são um fenômeno terrestre, você está muito enganado. Os furacões podem acontecer em outros planetas, e existe um que intriga os cientistas bem próximo de nós. Trata-se de um super furacão no planeta saturno que se agita ao redor do polo norte do planeta, o furacão foi filmado pela sonda Cassini da NASA e mostra que o olho da tempestade possui cerca de 2.000 quilômetros de largura, algo que seria 20 vezes maior do que qualquer furacão típico terrestre. Esse furacão teria ventos de cerca de 530 km/h.

Existe um super furação no planeta Saturno
Existe um super furação no planeta Saturno

O furacão de Saturno gira em torno de um misterioso vórtice de seis lados. Ao contrário dos furacões na Terra, que tendem a derivar para o norte, enquanto o nosso planeta gira, a tempestade de Saturno e seu vórtice hexagonal foram acampados no polo norte por um tempo.

“O furacão polar não tem outro lugar para ir, e é provável que por isso que está preso no polo”, disse Kunio Sayanagi, associado da Cassini em Hampton University, em Hampton, Virgínia, em comunicado.

Embora o furacão de Saturno seja maior e mais poderoso do que os furacões da terra, as tempestades nos dois planetas são similares em alguns aspectos. Por exemplo, ambos têm olhos centrais contendo nuvens muito baixas ou sem nuvens, disseram os pesquisadores. Outros traços em comum são nuvens altas que formam a parede do olho e uma rotação no sentido anti-horário no hemisfério norte.

Embora o furacão de Saturno seja maior e mais poderoso do que os furacões da terra, as tempestades nos dois planetas são similares em alguns aspectos.
Embora o furacão de Saturno seja maior e mais poderoso do que os furacões da terra, as tempestades nos dois planetas são similares em alguns aspectos.

Assim, os cientistas planejam estudar como a tempestade de Saturno se alimenta do vapor de água atmosférico, na esperança de obter uma visão sobre os furacões aqui na Terra (que ganham força com a água quente do oceano).

Os instrumentos da Cassini detectaram a tempestade de Saturno logo após a sonda chegar em órbita ao redor do planeta anelado em 2004. O furacão estava na escuridão na época, pois quando chegou era o meio do inverno do norte de Saturno.

Então a sonda Cassini teve de esperar o início da primavera do norte em agosto de 2009 para conseguir observar o furacão em luz visível. As novas visões detalhadas exigiram uma mudança na órbita da espaçonave também, conseguida usando sobre vôos da lua Titã de Saturno, disseram pesquisadores.

Um fato que intriga os astrônomos e pesquisadores e que o planeta saturno não possui oceanos e na terra os furacões se formam somente nos oceanos.

Outras Curiosidades

O que você achou dessa curiosidade?

Top