Você está aqui
Início > Diversos > Ciência > Quem teve a ideia da criação da bomba nuclear?

Quem teve a ideia da criação da bomba nuclear?

As bombas nucleares são algo que fascinam a mente da maioria das pessoas no mundo, a maioria fica abismado com seu poder de destruição e se imagina como isso foi inventado, mas não existe apenas um único inventor para essa arma de destruição em massa e sim várias pessoas que ajudaram na criação da bomba nuclear.

Quem teve a ideia da criação da bomba nuclear?
Quem teve a ideia da criação da bomba nuclear?

História da criação da bomba nuclear

Em outubro de 1939, logo após o início da Segunda Guerra Mundial na Europa, o presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt recebeu uma carta do físico Albert Einstein e seu colega húngaro Leo Szilard, chamando a atenção dele para a perspectiva de que uma bomba com poder sem precedentes poderia ser feita utilizando as forças da fissão nuclear. Os dois cientistas, que fugiram da Europa para escapar do nazismo, temiam que Hitler-Alemanha já estivesse trabalhando no problema. Se os alemães fossem os primeiros a desenvolver a “bomba atômica” prevista, Hitler teria uma arma à sua disposição que lhe permitiria destruir seus inimigos e governar o mundo.

Para evitar esse pesadelo, Einstein e Szilard pediram ao governo dos Estados Unidos que se juntasse à corrida para construir a primeira bomba atômica. Roosevelt concordou, e durante os próximos quatro anos e meio um vasto e totalmente secreto esforço foi lançado em cooperação com o Reino Unido. Com o nome de “O projeto Manhattan”, o esforço acabou por empregar mais de 200 mil trabalhadores e vários milhares de cientistas e engenheiros, muitos de origem europeia. Finalmente, em 16 de julho de 1945, a primeira bomba atômica foi testada no meio do deserto de Alamogordo no Novo México, EUA. Seu poder surpreendeu até mesmo os homens e mulheres que a construíram. Como ele testemunhou a explosão espetacular, Robert Oppenheimer, o físico que dirigiu o trabalho científico sobre a bomba, lembrou-se de uma linha do texto religioso védico Bhagavad-Gita: “Eu sou a morte, o destruidor dos mundos”.

A primeira bomba atômica foi testada no meio do deserto de Alamogordo no Novo México, EUA.
A primeira bomba atômica foi testada no meio do deserto de Alamogordo no Novo México, EUA.

Na época do teste de Alamogordo, a Alemanha já havia se rendido. Isso significava que a ameaça potencial de uma bomba atômica nazista não existia mais. Mas a guerra no Pacífico ainda estava furiosa e o presidente dos Estados Unidos Harry S. Truman decidiu usar a bomba atômica para forçar a liderança japonesa a se render o mais rápido possível. Assim, no dia 6 de agosto, uma bomba atômica com um rendimento explosivo equivalente a 12,5 quilotons dos explosivos TNT foi lançada na cidade japonesa de Hiroshima, matando instantaneamente cerca de 70.000 de seus habitantes, com outras 70.000 mortes registradas até o final de 1945 Enquanto isso, no dia 9 de agosto, uma segunda bomba foi usada contra a cidade de Nagasaki. Esta explosão teve um rendimento mais alto (equivalente a 22 quilotons de TNT), mas causou menos mortes instantâneas. No entanto, muitos dos sobreviventes sofreram de queimaduras pesadas, doenças de radiação, etc., e o número de mortos continuou a aumentar. Até o final do ano, mais de 70 mil cidadãos de Nagasaki perderam a vida. Cinco anos depois, cerca de 340.000 pessoas, ou 54% da população original, morreram das duas explosões.

No dia 6 de agosto, uma bomba atômica foi lançada na cidade japonesa de Hiroshima
No dia 6 de agosto, uma bomba atômica foi lançada na cidade japonesa de Hiroshima
Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top