Você está aqui
Início > Mundo Animal > Rinoceronte-branco do norte a espécie que está quase extinta

Rinoceronte-branco do norte a espécie que está quase extinta

Você já pensou como seria se você fosse a única pessoa capaz de salvar uma raça inteira? Talvez não seja assim que Sudão se sente por ele ser o último macho da espécie de Rinoceronte-Branco do Norte. Porém o animal que vive na reserva Ol Pejeta no Quênia é a última chance de salvar a subespécie que mais corre risco de extinção no mundo.

Sudão já possui mais de 40 anos de idade, e por esse motivo, não pode mais reproduzir, alias, a espécie já é considerada extinta por esse motivo. Ele vive 24 horas por dia, 7 dias por semana, sendo escoltado por homem armados.

Rinoceronte-branco do norte
Rinoceronte-branco do norte é escoltado por homens armados.

Os rinocerontes não só o da subespécie de Rinoceronte-branco do norte, mas como todos os rinocerontes que ainda há estão ameaçados de extinção, o motivo? Os chifres deles porém chegar a $ 100 mil dólares o quilo nos mercados negros da Ásia, por esse motivo Sudão já não tem mais os chifres que foram arrancados para tentar inibir a ação dos caçadores. Mesmo as pessoas sabendo dos riscos que correm os animais, as pessoas insistem em comprar o pó do chifre do animal, por acharem que tem poder de cura, quando na verdade o chifre do animal é feito de queratina, mesmo composto que é feito as unhas e os cabelos das pessoas. Elas acreditam que o pó do chifre do rinoceronte-branco do norte pode curar o câncer e ajudar na ereção. No início do século passado existiam mais de 500 mil rinocerontes na áfrica, e hoje a espécie possui menos de 30 mil, porém a subespécie dos rinoceronte-branco-do-norte possui apenas 3. Um macho e duas fêmeas que também já se encontram em idade avançada e não podem mais procriar.

Rinoceronte-branco do norte é escoltado por homens armados.
Rinoceronte-branco do norte, acreditasse que o chifre tem poderes medicinais.

A última tentativa que os biólogos do parque estão tentando fazer, é inseminação in vitro, onde pretendem colocar o esperma coletado de Sudão em uma fêmea de Rinoceronte-Brando do Sul, porém as tentativas ainda não deram certo, porém, mesmo que a tentativa de certo a subespécie ainda será extinta, pois, o animal que nascer não teria o mesmo gene, mas assim, pelo menos seria possível salvar uma parte do gene do animal.

RelatedPost

Deixe uma resposta

Top