Você está aqui
Início > Saúde > Comer Chocolate Faz Bem Para a Saúde?

Comer Chocolate Faz Bem Para a Saúde?

Quem é que não gosta de comer um “chocolatinho”, pelo menos eu não conheço ninguém. A maioria das pessoas tem sua marca de chocolate preferida, algumas gostam do branco, outras do preto, a quem goste do amargo e assim por diante. Mas será que o chocolate faz mal a saúde? Bom segundo a Clinica médica de Cleveland, o chocolate se consumido com moderação pode trazer benefícios.

Acredita-se que o chocolate pode ajudar a proteger o sistema cardiovascular. O raciocínio é que o grão de cacau é rico em uma classe de nutrientes vegetais chamados flavonoides.

Comer Chocolate Faz Bem Para a Saúde
Comer Chocolate Faz Bem Para a Saúde?

Flavonoides ajudam a proteger as plantas de toxinas do ambiente e ajudam a reparar danos. Eles podem ser encontrados numa variedade de alimentos, tais como frutas e legumes. Quando comemos alimentos ricos em flavonoides, parece que nós também nos beneficiamos deste poder “antioxidante”.

Os antioxidantes ajudam as células do organismo a resistir a danos causados por radicais livres que são formados por processos corporais normais, tais como a respiração, e de contaminantes ambientais, como o fumo do cigarro. Se o seu organismo não tem antioxidantes suficientes para combater a quantidade de oxidação que ocorre, ele pode ser danificado por radicais livres. Por exemplo, um aumento na oxidação pode causar a lipoproteína de baixa densidade, também conhecida como o colesterol ruim”.

Flavonóis são o principal tipo de flavonoide encontrado no cacau e chocolate. Além de ter qualidades antioxidantes, a pesquisa mostra que os flavonóis têm outras influências potenciais sobre a saúde vascular, tais como a redução da pressão sanguínea, melhorando o fluxo sanguíneo para o cérebro e coração, e deixando as plaquetas do sangue menos viscosas e com menor risco de coagular.

Estes produtos químicos de plantas não são encontrados somente no chocolate. De facto, uma ampla variedade de alimentos e bebidas são ricas em flavonoides. Estes incluem maçãs, amendoim, cebola, chá e vinho tinto.

Todos os tipos de chocolate são saudável?

Antes de pegar uma barra de chocolate ou uma fatia de bolo de chocolate, é importante entender que nem todas as formas de chocolates contêm altos níveis de flavonoides.

Cacau possui naturalmente, um sabor picante muito forte, que vem dos flavonóis. Quando o cacau é processado em seus produtos favoritos de chocolate, ele passa por várias etapas para reduzir esse gosto. Quanto mais o chocolate é processado (através de coisas como a fermentação, torrefação, etc.), mais flavonoides são perdidas.

A maioria dos chocolates comercializados são altamente processados. Embora se acreditava que o chocolate escuro continha os mais altos níveis de flavonoides, porém pesquisas recentes indicam que, dependendo de como o chocolate escuro foi processado, isso pode não ser verdade. A boa notícia é que a maioria dos principais fabricantes de chocolate estão à procura de maneiras de manter os flavonóis em seus chocolates processados. Mas, por enquanto, a melhor opção é o chocolate escuro, ao invés do chocolate ao leite (especialmente o chocolate ao leite que é feito com gorduras e açúcares) e pó de cacau que não tenha sofrido tratamento com um alcaloide para neutralizar sua acidez natural.

E sobre toda a gordura no chocolate?

Você pode se surpreender ao saber que o chocolate não é tão ruim para você como se acredita.

A gordura do chocolate vem de manteiga de cacau e é composta de quantidades iguais de ácido oleico (a gordura monoinsaturada saudável para o coração, também encontrado no óleo de oliva), esteárico e palmítico. ácidos esteárico e palmítico são formas de gordura saturada. Você pode saber que as gorduras saturadas estão ligados a aumentos no colesterol e o risco de doenças cardíacas.

Comer Chocolate escuro Faz Bem segundo pesquisas.
Comer Chocolate escuro Faz Bem segundo pesquisas.

Mas, a pesquisa mostra que o ácido esteárico parece ter um efeito neutro sobre o colesterol, nem aumenta, nem diminui. Embora o ácido palmítico afeta os níveis de colesterol, só significa um terço das calorias da gordura no chocolate. Ainda assim, isso não significa que você pode comer todo o chocolate escuro que você quiser.

Em primeiro lugar, tenha cuidado com o tipo de chocolate escuro que você escolhe: Cuidado com os ingredientes extras que podem adicionar muita gordura e calorias extras. Em segundo lugar, não há atualmente definida uma porção de chocolate que se pode comer para a colher os benefícios cardiovasculares que podem oferecer, e é necessária mais investigação nesta área. No entanto, sabemos que você não precisa se sentir culpado, se você gosta de um pequeno pedaço de chocolate escuro de vez em quando.

Outras Curiosidades

Deixe uma resposta

Top