Você está aqui
Início > Saúde > Solidão pode diminuir a imunidade

Solidão pode diminuir a imunidade

Se você conhece alguém que gosta de ficar isolado e sozinho, provavelmente essa pessoa tem mais riscos de contrair uma doença do que pessoas socialmente ativas, foi o que se descobriu através de um novo estudo, onde ficou constatado que a solidão e a infelicidade podem tornar as pessoas vulneráveis a doenças, diminuindo nossa proteção imunológica. Os resultados do estudo ainda não foram publicados, mas foram apresentados na reunião anual da Sociedade de Personalidade e Psicologia Social em Nova Orleans.

A maneira que os pesquisadores encontraram a ligação entre a solidão e a resposta a baixa imunidade foi investigando os níveis de anticorpos produzidos pelo vírus herpes latente, que existe sem causar nenhum sintoma na maioria das pessoas. Se o sistema imunológico está comprometido, o vírus começa a ficar ativo e produz anticorpos. Os anticorpos desencadeiam a produção de mais proteínas ligadas à inflamação relacionada com o estresse agudo.

Solidão pode diminuir a imunidade
Solidão pode diminuir a imunidade.

O estudo foi realizado em 200 sobreviventes de câncer de mama, cujo sangue foi testado para os anticorpos herpes. A reativação latente do vírus do herpes está associada ao estresse, o que sugere que a solidão age como um estressor crônico, desencadeando uma resposta imune de uma semana. Níveis elevados de anticorpos também foram associados a mais dor, fadiga e depressão.

Este não é o primeiro estudo que liga a saúde física com a solidão, particularmente quando se trata de idosos. Dois estudos conduzidos pelos pesquisadores da Universidade de Chicago encontraram a ligação positiva entre solidão, saúde cardiovascular e disfunção do sono.

Embora a ligação entre o estresse e a saúde física tenha sido amplamente estudada, esta é a primeira vez que os pesquisadores ligaram a solidão ao sistema imunológico enfraquecido, o que geralmente leva a menos resistência a uma série de problemas de saúde. A importância de tais estudos está crescendo, considerando quão rapidamente nossa sociedade está envelhecendo. Familiares estão deixando muitos idosos solitários, sem uma boa rede social, vulneráveis a qualquer número de doenças e mortalidade prematura.

O objetivo dos cientistas é entender a relação entre solidão e saúde e o processo exato envolvido, a fim de encontrar uma maneira de combater os efeitos negativos e talvez até mesmo intervir.

RelatedPost

Deixe uma resposta

Top